Vinil Adesivo – Características da Camada Adesiva

Na postagem passada, vimos que o vinil adesivo, material muito utilizado em peças publicitárias devido a sua capacidade de aderir a superfícies planas e curvas, possui quatro camadas. Camada adesiva, frontal, silicone e protetor. Hoje abordaremos as particularidades da camada adesiva e as característica que permitem o vinil se fixar às superfícies.

A camada adesiva é composta por uma cola que é ativada ao pressionar o adesivo contra uma superfície, fazendo assim com que o vinil fixe onde você desejar. Essa cola pode ser feita à base de água, como comumente acontece, ou pode ser feita à base de solvente, que torna a cola mais potente e eficaz.

  • Adesivo à base de água: também chamado de adesivo acrílico aquoso, emulsão ou dispersão. Esta opção é mais barata se comparada ao adesivo à base de solvente, no entanto, outras substâncias que também sejam a base d’água podem causar danos e enfraquecer o adesivo por possuírem a mesma base. Outra desvantagem deste tipo de cola é que facilmente deixa resíduo quando o vinil é retirado, restando aquelas marcas indesejadas, diferente dos de base solvente.
  • Adesivo à base de solvente: essa cola é altamente resistente e durável, o que a torna apropriada para envelopamento e personalização automotiva. No Brasil, a variação climática exige mais resistência de produtos químicos, e esse tipo apresenta desempenho para resistir ao efeito da água e outras substâncias químicas,. Temperaturas altas e baixas também não são problemas para esse adesivo. Tantas qualidades e características resultam em um valor um pouco mais elevado em comparação ao adesivo à base d’água, no entanto o desempenho de alta qualidade é efetivo e oferece maior retorno no futuro por demandar menor custo de manutenção.

As outras duas camadas do vinil adesivo funcionam para dar estrutura e compor o produto final. O silicone é a camada que impede que o adesivo e o vinil se misturem, enquanto a protetor é aquela película que retiramos antes de colar o adesivo. Sua função é proteger a cola do adesivo para que ela não ative ao tocar em qualquer superfície.

O vinil adesivo também é classificado quanto a sua aplicabilidade e forma de fixação:

Permanente: se refere a propriedade de, uma vez retirado o protetor e o produto aplicado a uma superfície, a cola é ativada e o adesivo se fixa e permanece por um longo período, não podendo ser movido ou reposicionado. Isso exige cuidado na aplicação do produto, pois aplicá-lo incorretamente pode danificar grande parte do produto.

Reposicionável: esse adeviso leva algumas horas para secar completamente, isso da chance dele ser ajustado e reposicionado até estar na posição desejada. Apesar de haverem técnicas de aplicação úmida em vinis adesivos permanentes para poder reposiciona-lo, isso aumenta exponencialmente a chance de surgir bolhas ou danificar o produto, já o adesivo reposicionável não apresenta surgimento de bolhas e nem perda de qualidade enquanto é reposicionado.

Removível – como sugerido, pode ser removido com facilidade. No entanto, é mais indicado para peças publicitárias e não muito recomendado para envelopamentos automotivos, pois não apresentam a mesma duração dos demais.

O vinil adesivo é um material versátil e muito utilizado em campanhas publicitárias de todo tipo. Suas variações e características exigem entendimento de uma equipe profissional para desenvolver sua publicidade, desde a escolha do tipo de vinil adesivo, até o corte, aplicação e manutenção do produto final. Conte com Apex do Brasil para cuidar da sua propaganda e selecionar os melhores meios para um trabalho com qualidade e profissionalismo.

Produção e Principais Tipos de Vinil Adesivo

Apesar de haver diversos tipos de vinis, a base de todos é a mesma. O que os transforma para diferentes tipos de aplicação, é o processo de fabricação por qual eles passam e o acabamento. Os três principais são o vinil cast, calandrado e o super calandrado.

O vinil adesivo é composto por 4 camadas: frontal, adesivo, silicone e protetor. O foco aqui é a camada frontal, pois ela quem recebe a cor, textura e arte do adesivo.

  • Vinil Cast – Uma mistura homegênea e líquida de resina feita a partir de PVC, pigmentos, solventes e aditivos despejados sobre um filme de poliéster e distribuída na forma de acordo com a espessura desejada. Após, a mistura é assada em fornos especiais para formar o frontal.
    Por conta do vinil cast não ser esticado, seu estrutura é ideal para ser aplicado em envelopamento de veículos, pois sua estrutura consegue aderir a superfícies planas e curvas simples, irregulares e arredondadas.
  • Vinil Calandrado – produzido a partir de PVC, pigmentos, plastificantes, estabilizante e antioxidantes, gerando uma pasta calandrada. Isso quer dizer que essa massa é processada em calandras, máquina com diversos cilindros contrarrotantes que moldam e afinam a pasta de PVC, intercalando entre as rotações de cada cilindro que giram em sentidos opostos e alternados.
    A diferença desse processo para o vinil cast, é que a massa é esticada pelas calandras e afinada, enquanto no anterior a massa mantém as dimensões físicas.
  • Vinil Super Calandrado – o processo é o mesmo do vinil calandrado, porém a massa utilizada é a mesma do vinil Cast, recebendo um preparo diferenciado. Os componentes da pasta são de melhor qualidade, dando ao produto um corpo superior ao do calandrado comum.
    Os adesivos calandrados também são excelentes para adesivação de veículos, pois é capaz de envolver e aderir em curvas complexas e acentuadas de todos os tipos.

A tendência com esses processos é que o vinil não encolha e mantenha suas dimensões físicas, como altura e largura. Isso assegura a durabilidade da adesivação, qualidade e diminui a chance de falhas de aplicação acontecerem, como bolhas e má aderência.

Podemos perceber que os detalhes de processamento da massa bruta do vinil é que determina suas características e uso. Por isso, conte com a Apex do Brasil para adesivar e envelopar veículos, pois os profissionais preparados e especializados no serviço garantem acabamento perfeito nos detalhes, o que faz toda a diferença para um trabalho marcante e efetivo de marketing.

Vantagens do Envelopamento de Veículos

Envelopamento de frota, uma das especialidades da Apex do Brasil, é uma ferramenta de comunicação visual que desperta atenção do público ao personalizar um veículo ou frota com a propaganda da sua marca, promovendo publicidade em tempo integral do seu produto.

Certamente você já viu veículos como vans e carros circulando pela cidade ofertando serviços, exibindo números de telefone e sinalizando a qual marca pertence. Estes veículos passaram por um processo de envelopamento, que consiste em revestir o automóvel com uma camada adesiva e arte estampada.

Essa é uma das vantagens que o envelopamento proporciona, o destaque do seu produto, além da proteção à superfície e pintura do veículo.

Antes de envelopar seu veículo, é necessário se atentar em manter o automóvel dentro das normas do DETRAN. Se o envelopamento for superior a 50% do total do veículo, desconsiderando os vidros, é necessária uma autorização prévia do órgão responsável do seu estado e emitir uma nova documentação para o automóvel.

Tipos de Vinil

Existe mais de um tipo de envelopamento, e essa variação acompanha o tipo de adesivo usado. Apex do Brasil elenca os principais adesivos usados em envelopamento de veículos:

  • PVC Vinil – mais comumente usado, está disponível em diversas cores e em duas espécies de acabamento. O primeiro é o acabamento calandrado, ideal para superfícies planas e de curvas simples. Já o acabamento Cast é próprio para superfícies de curvas complexas, pois é maleável e se adequa bem a qualquer formato. Para decidir qual acabamento usar, é necessário observar qual o modelo do veículo.
  • Poliuretano – uso exclusivo para envelopamentos com a finalidade de proteger o veículo. Esse material não oferece variedade de cores e estilos, no entanto é mais resistente e dificilmente cria bolhas ou sofre problemas de aderência. É uma película transparente que não altera em nada a aparência do veículo, mas o reveste em uma camada protetora.
  • Líquido – funciona como as películas que protegem as telas dos celulares. Há películas de vidro e também as líquidas que são aplicadas em uma camada que quando seca forma a proteção. Esse adesivo funciona da mesma forma e garante os mesmo benefícios do PVC Vinil, porém o custo é maior. Esse custo é compensado pela vantagem deste método que é não apresentar risco de criação de bolhas ou má aderência do adesivo.

A maior vantagem que o envelopamento proporciona no ramo da comunicação visual é a diferenciação do seu produto. Pense na quantidade de pessoas que verão sua propaganda circulando por toda cidade. Isso demonstra seriedade e profissionalismo por parte da sua marca, e em um mercado extremamente competitivo como o de vendas, ter destaque e transmitir a ideia de produtos de qualidade é essencial.

Para a estratégia de marketing do envelopamento funcionar, é necessário que a arte da sua marca seja atraente e ponderada, transmitindo mensagens assertivas. Quanto mais os números, imagens e mensagens forem fáceis de absorver e processar, mais alcance sua propaganda terá.

A proteção oferecida pelo envelopamento adesivo não é só contra arranhões na superfície do automóvel. Essa proteção se estende contra as ações do tempo, desgastes, oxidações, raios UV, pequenos descuidos e contaminantes. A boa aparência retrata cuidado e valoriza o veículo e, consequentemente, sua marca.

Se sua marca é uma marca que se preocupa com a desvalorização do veículo no mercado, o envelopamento é um excelente recurso. Como já mencionado, os adesivos preservam o veículo, o que valoriza na hora de venda e troca de automóveis. Sem contar que o envelopamento custa muito menos do que fazer uma nova pintura.

Sabendo das vantagens e da ferramenta brilhante de marketing e propaganda que é o envelopamento de veículos e frotas, a Apex do Brasil convida você a conhecer a especialidade da casa e investir em publicidade com profissionais que dominam o assunto. Transforme sua marca em referência com automóveis personalizados e qualidade de serviço.

O Perigo dos Anúncios Online

Entender e atender as necessidades do consumidor é a chave para o sucesso de toda estratégia de marketing. Por isso, é necessário consolidar sua marca no ambiente digital e na internet.

Antes de investir em marketing digital, é necessário entender o novo perfil do consumidor moderno. A internet transformou todo mercado a nossa volta, e como internauta, o consumidor também transformou suas preferências. Isso exige que as marcas se atualizem e modernizem a forma de se relacionar com o público.

Contudo, os anúncios online, que aparentemente soam como uma boa proposta, têm crescido entre os internautas como algo incômodo e cada vez mais caindo no desagrado do público.

Entre os tipos de propaganda online, os pop-ups – anúncios que saltam na tela e sobrepõem a página que o internauta está visualizando sem seu consentimento – é tido como o pior, o mais aversivo entre o público digital. Propagandas exibidas em smartphones e propagandas antes de vídeos que impedem o carregamento, vêm logo atrás dos pop-ups. Além disso, os consumidores alegam se sentir perseguidos ou rastreados pelas propagandas, o que diminui a credibilidade e o interesse pelo conteúdo divulgado.

Apesar de serem classificados pelo consumidor como desagradáveis, não significa que sua marca não deva investir nisso, mas pelo contrário.

As propagandas online são incômodas por serem interpretadas como não profissionais, amadoras ou “transmitem pouca verdade”. Isso implica em investir em conteúdo publicitário digital assertivo, para que transmita a ideia certa e com o tom certo para o consumidor digital, que é em muitos aspectos diferente do consumidor fora do ambiente digital.

Então, como produzir propagandas com maior credibilidade com o público digital? Primeiramente, evitando ao máximo os pop-ups; produzindo anúncios que não ocupem toda a tela do dispositivo, já que é um dos fatores que mais incomodam nos anúncios, as tais propagandas espaçosas; os anúncios devem ser discretos e atrapalharem o mínimo possível a experiência de navegação do internauta; conteúdo objetivo, interessante e relevante, que vá direto ao ponto e que pareçam profissionais.

Como recurso para evitar as propagandas digitais, o consumidor utiliza de ad bloquers, que nada mais são que bloqueadores de propaganda online. Então se sua propaganda vai ser vista, que ela tenha destaque e consiga alcançar o consumidor da forma correta, que atenda às necessidades dele e lhe cause interesse.

Deu para perceber que o internauta é muito mais rigoroso com mídias publicitárias, não é mesmo? Portanto, é fundamental investir com peso nesse tipo de propaganda. Não economize esforços no marketing, convença o público que sua propaganda não é invasiva e nem antiprofissional.

O que é Consumo Consciente

O que é consumo consciente? É o consumo de forma a conhecer os processos e o tipo de produto adquirido. Conhecer a origem dos ingredientes e materiais de produção, tal como a real necessidade de comprar o produto.

Há indícios do movimento ter começado no século XIX, em Nova York, Estados Unidos.

Um grupo de pessoas, na grande maioria esposas de funcionários de industrias, perceberam as más condições de trabalho dos cônjuges, então passaram a pesquisar e preferir comprar de marcas que respeitassem o trabalhador.

Ainda que com origem incerta, o movimento impacta nos tempos atuais, conquistando direitos e impondo limites à industrialização e seus processos.

Hoje há preocupação com o que se compra. Temos espaço para alimentos naturais livre de agrotóxicos nas prateleiras. Produtos reutilizáveis e com produção e descarte ecológicos. Marcas que repõe na natureza o componente extraído para produção de material. Há preocupação com peças de roupas, origem dos fios e também tecidos feitos de material reciclado. Cosméticos não são mais testados em animais e uma infinidade de mudanças que ganham mais e mais força a cada dia.

O consumo consciente busca produtos que causem o menor dano possível no meio ambiente. Entende e propõe que, para garantir um mundo mais sustentável, é necessário alterar os hábitos de consumo e produção. Alterar toda a forma de lidar com o meio ambiente, não só na hora da compra.

Por isso, reduzir o lixo, fazer o descarte adequado, encontrar alternativas para o consumo do plástico, se preocupar com as embalagens, com os produtos não só quando estão sendo comprados, mas também a origem e o destino que aquela embalagem receberá, os danos que pode causar à saúde, etc. Vai além de apenas do ato de comprar, é uma preocupação com o todo.

Toda está mudança e preocupação com os processos industriais chamam a atenção de marcas, exigindo um engajamento leal e aprofundado com a causa para atender à necessidade do novo tipo de consumidor que se constrói: mais preocupado e consciente a respeito dos produtos que consume.

O que o consumo consciente proporciona para nós é uma mudança de vida onde todos tenhamos clareza do que acontece em industrias e acesso a dados que antes não dávamos atenção, mas que são importantes; maior qualidade de vida e saúde, com produtos mais sustentáveis; marcas mais humanizadas que se importam com o consumidor, com os animais e com o meio ambiente.

Esse é o futuro do mercado de consumo. Quer manter sua marca dentro das exigências do consumidor e se destacar no ramo? Que tal mostrar ao público que sua marca é consciente e engajada com o consumidor, produzindo materiais e propagandas que retratem esse valor ecológico tão essencial para grandes marcas?

Diferenças entre Marketing e Publicidade

Você sabe qual a diferença entre marketing e publicidade? Embora estejam interligados, os conceitos são diferentes e comumente são confundidos como uma coisa só. Por isso, a Apex do Brasil explica as diferença entre eles e as características de cada um.

Marketing pode ser considerado o carro-chefe da publicidade e propaganda, pois é muito mais amplo que os outros dois. É a estratégia, todo o planejamento e ações para se alcançar o público, entender suas necessidades e a como oferta-las. Produtos, serviços, comunicação, adaptação, relação com o consumidor, todos são elementos do marketing.

Já a publicidade, como o nome sugere, é tornar público, difundir ideias, divulgar os serviços e produtos. Seja em jornais, internet, televisão, rádio ou outros meios, a publicidade abrange as propagandas destinadas ao comércio, anúncios, vídeos, mensagens, todo recurso que cumpra o propósito de publicar uma marca no mercado.

Se o marketing é a estratégia, planejamento de ações para alcançar o público, a publicidade está dentro do marketing, é uma ferramenta dele. A função da publicidade é a divulgação, a efetiva ação na prática de tudo que foi planejado e desenvolvido dentro da estratégia do marketing.

São conceitos inerentes um ao outro que se completam mutuamente, ou seja, dependem um do outro para funcionar. A publicidade promove o que o marketing planeja. Todo mídia de divulgação encontrada no mercado é resultante da relação marketing-publicidade.

Entendendo que, embora parecidos e funcionando juntos, são conceitos diferentes, fica claro que ambos precisam estar alinhados e bem trabalhados pela marca para dar certo, já que se um falhar o outro consequentemente não funciona.

Concluindo, marketing é o planejamento inicial, do durante e do pós venda, enquanto a publicidade é o recurso que permite instigar o consumidor a comprar o produto.

Publicidade Polêmica – Uma Má Ideia

É natural que as marcas busquem produzir conteúdos que atraiam cada vez mais público e se adeque as novas necessidades do consumidor. Para isso, lançam mão de recursos menos formais, se aproximando do público e da linguagem utilizada no nosso cotidiano, como os famosos memes, por exemplo. No entanto, durante este processo de popularização do conteúdo, o público pode se sentir lesado e a propaganda acabar gerando polêmica por esbarrar em questões sociais que são delicadas por natureza.

A cerveja Skol, em 2015, lançou uma propaganda para o carnaval com os dizeres “esqueci o não em casa”. A frase foi interpretada pelo público como alusão à cultura do estupro e do machismo, o que pegou mal para a marca. Ao mesmo tempo que se cria intimidade com os expectadores, também é possível desrespeitar movimentos sociais ao fazer essa aproximação da realidade do público. A repercussão gerou prejuízo à Skol e a necessitou alterar todo o material da propaganda como pedido de desculpas e remissão pelo mal entendido.

A publicidade está cada vez mais atrativa com o advento da internet. As possibilidades deram asas ainda maiores para a criatividade e os recursos são infinitos quando se trata de fazer marketing assertivo e inteligente para promover uma marca. Contudo, as pessoas também ganharam maior liberdade para se expressarem, opinarem e criticarem, o que coloca a imagem de marcas anunciantes em risco com mais facilidade. Uma propaganda que utilize o mesmo linguajar que falamos no cotidiano e que abranja questões sociais gera um conexão mais profunda com o público, mas se esse procedimento não for claro e a mensagem a ser transmitida não estiver muito bem definida pelo anunciante, pode haver má interpretação do público e o “feitiço voltar contra o feiticeiro”, com a propaganda sendo espalhada para todo canto, como era a intenção inicial, só que veiculando uma imagem ruim da marca.

Propagandas são reflexos da nossa sociedade, retratando questões culturais, movimentos, ideologias, política e momentos históricos que estamos atravessando. Portanto, é necessário haver estudo, pesquisas, teste de conceito antes de liberar algum material para o público e que possa ser mal interpretado, gerando consequências negativas. Pesquisas automatizadas são um excelente recurso para precaver reações negativas do consumidor. Uma marca deve avaliar se suas metas e cultura estão condizentes com o que o mercado exige em sua constante transformação diária.

O mundo da publicidade se reinventou e puxa os reflexos das mudanças sociais como carro chefe dessa transformação, levando à todos de forma aproximada e real o que está acontecendo no mundo lá fora. Impactante, divertida, inspiradora ou emotiva, uma propaganda deve ser pensada por profissionais capacitados à atingir o ponto ideal de equilíbrio entre liberdade de expressão e respeito ao público, garantindo o bom retorno dos investimentos em recursos de divulgação. Para isso, conte com Apex do Brasil e assegure propaganda de qualidade e veiculação de material criativo e sem prejuízos a sua marca.

Banner Para Site – O Marketing Digital Inteligente

Banners são ferramentas fundamentais na divulgação de uma marca. É um instrumento de marketing que divulga informações, promove publicidade em meio ao público e expõe a marca. É durável, pode ser reutilizado e tudo com excelente relação custo-benefício.  Contudo, a modernidade transforma todos os elementos ao nosso redor, começando pela comunicação visual que é amplamente tocada pela tecnologia e encontra campo para tornar as ferramentas ainda mais criativas e eficazes na hora de empreender publicidade.

Exemplo de Banner para Site

Como uma das ferramentas mais eficazes para divulgação, o banner foi um dos primeiros a migrar para o mundo online. O banner digital é a versão da ferramenta para divulgação de propagandas em sites, blogs e portais de internet. Mas não para por ai, os banners digitais também podem ser impressos em lona para divulgação em ponto de venda.

Formatos para Banners Digitais:

  • Interativo: modelo que promove interação direta com o internauta, como preenchendo formulários online, por exemplo. A proposta desde formato é envolver o público e tem se popularizado com grande intensidade.
  • Animado: esse modelo trabalha com mais de uma imagem criando pequenas animações que emitem informações e chamam atenção constantemente do internauta. É um modelo que traz muito resultado em comparação com os banner não animados.
  • Pop-Up: aquela propaganda que salta involuntariamente na sua tela. É um modelo considerado invasivo, expondo o usuário à propaganda contra sua vontade, obrigando-o a fecha-lo para continuar a navegação. É ideal para divulgação de

Banners digitais são a estratégia de marketing mais próxima da propaganda tradicional e é o formato que recebe a maior parte dos investimentos. Uma campanha bem planejada é capaz de divulgar a marca, auxiliar clientes indecisos na hora da compra de produtos e produzir tráfego para o site, blog ou redes sociais.

Há três grandes tipos de banners para site, necessitando conhecer o público alvo e identidade da marca em questão para definir qual o melhor tipo:

CPC – Custo por Clique. Neste formato o anunciante recebe por número de cliques que o anúncio receber. Cada clique gera um valor fixo em dinheiro para a plataforma, por isso é um modelo mais indicado para empresas que estão começando, pois permite um controle do orçamento de quanto será gasto naquela propaganda à medida que anúncio vai recebendo cliques.

CPM – Custo por Mil. Formato que não leva em conta o número de cliques, mas sim a quantidade de anúncios liberados, no caso mil unidades. O anunciante paga pelo pacote com mil banners digitais que são divulgados na plataforma anunciante. Quando um mesmo usuário visita o anúncio mais de uma vez, apenas a primeira visualização é contabilizada, garantindo que o anúncio seja visto ao menos mil vezes. É um tipo mais completo, com valor fixo para cada mil banners, mais indicado para marcas mais estruturadas.

CPA – Custo por Aquisição. Tipo considerado mais caro do mercado de anúncios. O anunciante pagará a plataforma apenas quando o objetivo da campanha for alcançado, ou seja, há o cumprimento de uma meta para a plataforma receber pelos anúncios. Marcas consolidadas e com clientes fidelizados podem apostar neste tipo e esperar por grande margem de lucro.

Banners são materiais promocionais essencialmente atrativos e objetivos. No mundo online precisam ser ainda mais criativos e claros. E para obter sucesso na captação de atenção do público, requer trabalho de especialistas para construção de marketing digital assertivo e profissional.

Entendida a relevância da estratégia de marketing digital, invista nesse modelo de propaganda e obtenha excelentes resultados com Apex do Brasil, especialista em comunicação visual e design criativo.

5 Jingles que Fizeram História na TV

Na postagem passada relembramos cinco grandes comerciais que marcaram época. Hoje vamos reviver cinco jingles que fizeram sucesso nas telinhas. Jingles são canções produzidas para promover uma marca  ou um produto em publicidades de rádio e TV. Confira cinco dessas músicas que grudaram em nossas cabeças e nos fizeram cantar junto com os comerciais.

1 – Big Mac

“Amo muito tudo isso” e o clássico assovio “para-pá-pá-pá”. Não há quem não reconheça o slogan do Mc. Pois é, e o sanduíche mais famoso da franquia, o Big Mac, também possui um jingle famoso e grudento! “Dois hambúrgueres, alface, queijo, molho especial, cebola, picles no pão com gergelim”. O jingle fez tanto sucesso que na época de lançamento do comercial, houve uma promoção que garantia um sanduíche Big Mac gratuíto para quem repetisse a canção dentro de um determinado tempo. Relembre a primeira versão do jingle no comercial de 1987.

2 – Johnsons Baby Shampoo

Em 2006, a Jonhson lançou o comercial do shampoo para crianças. A propaganda transformou a hora do banho em uma grande festa onde a diversão era lavar os cabelos, tudo com um jingle muito divertido e contagiante que prendeu atenção de todos, nos fazendo cantar junto com o comercial ou no banho com os baixinhos! Hm, gostoso para chuchu! Reveja.

3 – Papel Higiênico Personal

Cômico e um tanto polêmico, o jingle do papel higiênico Personal embalou todos com diversão e criatividade. A propaganda dos anos 2000 exibia um casal que acabava chegando à uma praia de nudismo. Despreparados para a situação embaraçosa, o casal cantava e dançava com os banhistas em um flashmob cheio de tarjas pretas de censura.Um problemão, ne? Era essa a ideia, seja lá qual for o problema, tem solução, só papel higiênico ruim que não. Um exemplo de produção de propaganda e jingles inteligentes. Relembre e divirta-se.

4 – DDDrin

Direto do túnel do tempo, o comercial da empresa que faz controle de pragas, DDDrin, marca gerações desde 1976, ano de sua primeira exibição. Até hoje as pessoas relembram do comercial e cantam o jingle extremamente inteligente e criativo.

5 – Globo

E para finalizar, nada melhor que o jingle que encerra todos os nossos fins de ano na TV. A clássica propaganda da Rede Globo reúne todos os atores da companhia em uma grande cantoria que todo brasileiro conhece! A propaganda é assertiva e marcante, transcendendo gostos e gerações e tornando-se parte da cultura televisiva do país. Confira a edição de 1972.

Conhecia todos esses jingles? Cantou junto? Apostamos que sim! Com essas propaganda fica claro a importância da publicidade para uma marca. Invista em marketing assertivo e inteligente com Apex do Brasil e continue por dentro do nosso blog!