Networking – Descubra a Importância

No mundo das vendas, é fundamental ter uma rede de contatos para encontrar oportunidades no mercado de trabalho.

Essa rede de contatos é chamada de Networking, uma forma de alimentar relações profissionais em diversos ambientes e utilizar dessas parcerias para finalidades empresariais.

Group of Business Talking in a Meeting

Há grande divergência de opiniões a respeito da definição exata do Networking, pois alguns consideram uma relação falsa baseada somente em interesse, enquanto outros acreditam que é uma medida natural nas relações atuais de mercado.

O fato é que, independente do conceito, é de suma importância nas nossas vidas manter bons relacionamentos, e no ramo comercial não é diferente. Na troca de contatos profissionais, grandes informações e experiências são trocadas, gerando benefícios para ambos os lados.

  • Importância do Networking para a Carreira e para os Negócios

Criamos uma rede de contato à medida que conhecemos pessoas e estamos fazendo isso constantemente, muitas vezes até sem perceber.

Na faculdade, em cursos, palestras numa viagem, no trabalho ou em qualquer outra atividade, conhecemos novas pessoas, e isso é uma forma de manter relacionamentos saudáveis.

Contudo, não percebemos como essas relações podem ir além do contato na esfera social.

Os contatos que criamos nos levam a conhecer outras pessoas e vivenciar novas experiências, fortalecendo mutuamente a rede de contatos, ou networking. No mundo dos negócios, é dessa forma que atingimos os objetivos.

Por exemplo: quando convivemos com pessoas que inspiram o nosso trabalho, ficamos mais motivados e aprimoramos nossas ideias, o que nos faz crescer empregar todo nosso potencial no trabalho.

Essa motivação reflete na nossa carreira, melhora as oportunidades de crescimento e ajuda a alcançar novos objetivos e também a encontrá-los.

Fortalecer o networking é fundamental para quem está começando um negócio.

É o primeiro passo: buscar parceiros que tenham visão semelhante a sua, expressarem o que têm a oferecer para o mercado de trabalho e firmarem parcerias onde ambos obtenham ganhos.

Networking é isso, uma relação de ajuda mútua onde ambos ganham, e não uma forma de obter lucros onde só o seu lado sai privilegiado.

Apex do Brasil é especialista na produção de conteúdo publicitário, e firmar parceria conosco é garantia de publicidade assertiva de qualidade. Conheça nossos serviços e expanda seus negócios!

O que é Consumo Consciente

O que é consumo consciente? É o consumo de forma a conhecer os processos e o tipo de produto adquirido. Conhecer a origem dos ingredientes e materiais de produção, tal como a real necessidade de comprar o produto.

Há indícios do movimento ter começado no século XIX, em Nova York, Estados Unidos.

Um grupo de pessoas, na grande maioria esposas de funcionários de industrias, perceberam as más condições de trabalho dos cônjuges, então passaram a pesquisar e preferir comprar de marcas que respeitassem o trabalhador.

Ainda que com origem incerta, o movimento impacta nos tempos atuais, conquistando direitos e impondo limites à industrialização e seus processos.

Hoje há preocupação com o que se compra. Temos espaço para alimentos naturais livre de agrotóxicos nas prateleiras. Produtos reutilizáveis e com produção e descarte ecológicos. Marcas que repõe na natureza o componente extraído para produção de material. Há preocupação com peças de roupas, origem dos fios e também tecidos feitos de material reciclado. Cosméticos não são mais testados em animais e uma infinidade de mudanças que ganham mais e mais força a cada dia.

O consumo consciente busca produtos que causem o menor dano possível no meio ambiente. Entende e propõe que, para garantir um mundo mais sustentável, é necessário alterar os hábitos de consumo e produção. Alterar toda a forma de lidar com o meio ambiente, não só na hora da compra.

Por isso, reduzir o lixo, fazer o descarte adequado, encontrar alternativas para o consumo do plástico, se preocupar com as embalagens, com os produtos não só quando estão sendo comprados, mas também a origem e o destino que aquela embalagem receberá, os danos que pode causar à saúde, etc. Vai além de apenas do ato de comprar, é uma preocupação com o todo.

Toda está mudança e preocupação com os processos industriais chamam a atenção de marcas, exigindo um engajamento leal e aprofundado com a causa para atender à necessidade do novo tipo de consumidor que se constrói: mais preocupado e consciente a respeito dos produtos que consume.

O que o consumo consciente proporciona para nós é uma mudança de vida onde todos tenhamos clareza do que acontece em industrias e acesso a dados que antes não dávamos atenção, mas que são importantes; maior qualidade de vida e saúde, com produtos mais sustentáveis; marcas mais humanizadas que se importam com o consumidor, com os animais e com o meio ambiente.

Esse é o futuro do mercado de consumo. Quer manter sua marca dentro das exigências do consumidor e se destacar no ramo? Que tal mostrar ao público que sua marca é consciente e engajada com o consumidor, produzindo materiais e propagandas que retratem esse valor ecológico tão essencial para grandes marcas?

5 Jingles que Fizeram História na TV

Na postagem passada relembramos cinco grandes comerciais que marcaram época. Hoje vamos reviver cinco jingles que fizeram sucesso nas telinhas. Jingles são canções produzidas para promover uma marca  ou um produto em publicidades de rádio e TV. Confira cinco dessas músicas que grudaram em nossas cabeças e nos fizeram cantar junto com os comerciais.

1 – Big Mac

“Amo muito tudo isso” e o clássico assovio “para-pá-pá-pá”. Não há quem não reconheça o slogan do Mc. Pois é, e o sanduíche mais famoso da franquia, o Big Mac, também possui um jingle famoso e grudento! “Dois hambúrgueres, alface, queijo, molho especial, cebola, picles no pão com gergelim”. O jingle fez tanto sucesso que na época de lançamento do comercial, houve uma promoção que garantia um sanduíche Big Mac gratuíto para quem repetisse a canção dentro de um determinado tempo. Relembre a primeira versão do jingle no comercial de 1987.

2 – Johnsons Baby Shampoo

Em 2006, a Jonhson lançou o comercial do shampoo para crianças. A propaganda transformou a hora do banho em uma grande festa onde a diversão era lavar os cabelos, tudo com um jingle muito divertido e contagiante que prendeu atenção de todos, nos fazendo cantar junto com o comercial ou no banho com os baixinhos! Hm, gostoso para chuchu! Reveja.

3 – Papel Higiênico Personal

Cômico e um tanto polêmico, o jingle do papel higiênico Personal embalou todos com diversão e criatividade. A propaganda dos anos 2000 exibia um casal que acabava chegando à uma praia de nudismo. Despreparados para a situação embaraçosa, o casal cantava e dançava com os banhistas em um flashmob cheio de tarjas pretas de censura.Um problemão, ne? Era essa a ideia, seja lá qual for o problema, tem solução, só papel higiênico ruim que não. Um exemplo de produção de propaganda e jingles inteligentes. Relembre e divirta-se.

4 – DDDrin

Direto do túnel do tempo, o comercial da empresa que faz controle de pragas, DDDrin, marca gerações desde 1976, ano de sua primeira exibição. Até hoje as pessoas relembram do comercial e cantam o jingle extremamente inteligente e criativo.

5 – Globo

E para finalizar, nada melhor que o jingle que encerra todos os nossos fins de ano na TV. A clássica propaganda da Rede Globo reúne todos os atores da companhia em uma grande cantoria que todo brasileiro conhece! A propaganda é assertiva e marcante, transcendendo gostos e gerações e tornando-se parte da cultura televisiva do país. Confira a edição de 1972.

Conhecia todos esses jingles? Cantou junto? Apostamos que sim! Com essas propaganda fica claro a importância da publicidade para uma marca. Invista em marketing assertivo e inteligente com Apex do Brasil e continue por dentro do nosso blog!